2 de mar de 2014

Um Cappuccino Vermelho - Joel G. Gomes

“Um Cappuccino Vermelho” é o livro de estreia de Joel G. Gomes. Um livro policial pouco ortodoxo, nos apresenta duas personagens principais aparentemente independentes.

Escrito em 2002, apenas publicado este ano. Ricardo Neves tem uma vida dupla. Por um lado é um assassino profissional implacável, sem qualquer indício de hesitação, por outro lado, é um escritor de policiais.

A sua duplicidade começa a confundir-se quando um contrato o leva muito perto da sua segunda vida. O escritor João Martins tenta escrever o seu quarto romance, em vão. Acaba por ter uma ideia a qual começa a desenvolver, e acaba por se surpreender quando as pessoas à sua volta começam a morrer exatamente como no seu livro. Será que tem alguma influência no assassino?

Com uma linguagem simples e ação quanto baste, torna-se um livro de fácil leitura. Apresenta alguns erros de edição, mas nada que atrapalhe a leitura. Acabamos por torcer pelo assassino e desejando que ele não seja apanhado.

No primeiro capítulo a ação é mais lenta e o autor aproveita para descrever o maior vício de Ricardo, o café. Acabamos por ficar a saber factos que revelam o trabalho de pesquisa que Joel teve. A sequela deste livro denominado "A Imagem", está previsto ser editado no início de 2013.

No final da leitura, é um livro leve e interessante, ideal para uma leitura na praia enquanto nos bronzeamos.

0 comentários:

Postar um comentário