30 de mai de 2014

Resenha: Easy - Tammara Webber

Livro de Tammara Webber, Easy narra a história de Jacqueline uma jovem que decidiu seguir o namorado para a mesma universidade, sendo que isso não era bem o que ela mesma queria, no entanto as coisas não saem como ela planejou e o casal acaba por terminar o namoro. Ela passa a se sentir abandonada, enganada e usada.

Certa noite ao sair de uma festa sozinha, é atacada por um colega de seu ex-namorado. É nesse momento que surge Lucas, um rapaz lindo e misterioso, aparece no lugar certo e na hora certa, impedindo que ela seja violentada. Jacqueline só quer esquecer aquela noite, mas Lucas, que ela nunca havia reparado ter visto antes na universidade, agora aparece em todos os lugares.

A atração entre eles é intensa. No entanto, os segredos que Lucas esconde ameaçam separá-los. Mas eles vão ter de descobrir que somente juntos podem lutar contra a dor e a culpa, enfrentar a verdade e encontrar o poder inesperado do amor.
“Ele se aproximou e eu senti o aroma reconfortante que ele emanava. Com a mão no meu rosto, ele trouxe a boca até a minha, me beijando de uma maneira lenta que, de algum modo, se igualava a cadência da música….”
Ao mesmo tempo, precisa se dedicar a uma matéria que está quase reprovando e quando o professor lhe oferece que estude com a ajuda de seu pupilo, Landon, Jacqueline se vê apaixonada por um cara que nunca viu e apenas falou por e-mail e ao mesmo tempo está apaixonada por Lucas, que a salvou em um momento de necessidade extrema. Dividida ela não sabe o que fazer...
"Amor não é a ausência de lógica mas a lógica examinada e recalculada aquecida e encurvada para se encaixar dentro dos contornos do coração."
Desses new adults atuais, não vou dizer que Easy foi o melhor que já li, mas posso afirmar que foi uma leitura muito gostosa de se ler, a autora não se concentrou tanto nas cenas picantes, o livro é muito mais romântico do que erótico, mas tem todos os ingredientes dosados na medida certa. 

O tema estrupo é apresentado de forma muito natural e verdadeira. Tammara Webber consegue passar uma lição, alertando que o criminoso pode não ser é um estranho desconhecido, pode ser alguém que você conhece e que muitas vezes confia. A sutileza do livro está nos personagens. Criamos uma empatia com eles ao longo do livro, de forma que é impossível não se identificar ou solidarizar com algumas situações.
"Desculpas e percepções eram importantes, mas podiam chegar tarde demais."
Quem ainda não leu, e gosta de romances, recomendo que leia. 
Por Bebendo Livros

0 comentários:

Postar um comentário