5 de jun de 2014

O projeto secreto de einstein - Vitor Alexandre Chnee

Em 1955 a Humanidade perdia um de seus maiores gênios, o físico Albert Einstein. Conforme suas ordens expressas, ele foi cremado após sua morte e diz-se que junto a si também foram queimados um ou mais de seus projetos, projetos estes para os quais ele considerava que a Humanidade ainda não estava preparada. 

Para aumentar as suspeitas, suas cinzas foram colocadas em local desconhecido. Por que ele teria tomado decisão tão drástica? Em 1925, ao visitar o Brasil, Einstein, já prevendo a ascensão do nazi-fascismo na Europa, resolve deixar com um amigo que imigrara da Alemanha anos antes um de seus polêmicos projetos. Tudo que se sabe em relação a este projeto era que poderia permitir a construção de uma arma que levaria mais carga a maiores distâncias. Einstein julga que desta maneira, tão longe dos acontecimentos, seu projeto estará a salvo. 

Isto funcionou bem por alguns anos, até 1941, quando a Segunda Guerra Mundial envolveu todas as grandes potências do mundo, incluindo os EUA. Seus protagonistas, ávidos por novas tecnologias que poderiam alterar o curso da Guerra, estão dispostos a tudo, mesmo um incrível confronto entre agentes americanos e alemães na então capital federal brasileira, Rio de Janeiro, pela posse do projeto secreto de Einstein. Qual dos lados ficaria com aquele espetacular prêmio? 

Com a mesma velocidade dos alucinantes acontecimentos do último conflito mundial e repleta de suspense, aborda também, de maneira bastante acessível, alguns aspectos muito interessantes das tecnologias utilizadas no conflito e que, de fato, mudariam o mundo para sempre.

0 comentários:

Postar um comentário