3 de ago de 2014

Resenha: A Mulher Silenciosa - A. S. A. Harrison

Quem pretende encontrar nesse livro ação e suspense vai se desapontar, pois esse não é o foco, apesar de ser considerado um “thriller psicológico”. É uma leitura subjetiva que mostra a realidade do relacionamento de muitos casais e os desdobramentos de um casamento em decadência. 

No entanto, a autora consegue transformar a história em algo envolvente porque, desde o início, já sabemos que haverá um assassinato e ficamos cada vez mais curiosos para saber como tudo vai acontecer. 

Apesar de Jodi ser uma psicoterapeuta, ela mesma não consegue se ajudar. Ela acha que tem pleno domínio sobre suas emoções, mas no decorrer do livro, veremos que não é bem assim. 

Harrison alterna os capítulos entre ELE ( Todd) e ELA ( Jodi), uma maneira interessante de nos aprofundarmos no conhecimento dos personagens, nas suas vidas e pensamentos de um e de outro. 

Um livro com abordagens psicológicas interessantes com referências a Jung e Adler, embora um tanto excessivas nas explicações de cunho técnico. 

Apesar do desenvolvimento do livro ser lento, a meu ver proposital, Harrison consegue desta forma nos aproximar dos personagens, para avaliá-los bem, comportamento, caráter, atitudes. 

Considerei uma leitura satisfatória.
por Eliane Mendonça

Um comentário:

  1. Eu particularmente amei e odiei ao mesmo tempo esse livro, ainda me sinto confuso a respeito dos meus sentimentos a respeito dele, mas é um dos livros que eu releria ou relerei mais vezes. Adorei o blog, já está nos meus favoritos.

    Meu blog: www.umcontainer.com

    ResponderExcluir